SEX SHOP SexxyShop - A maior e mais completa sex shop virtual brasileira!
7 dez, 2017

Postado por em Hétero | 4 Commentários

Sou jovem e quero experimentar Viagra

Olá Gina,
 
Tenho uma dúvida com relação ao tão famoso Viagra.
 
Sou jovem ainda, tenho 27 anos e nenhum problema de ereção, mas um amigo meu da mesma idade me disse que tomou um Viagra e teve muito tesão e uma transa incrível com a sua namorada.
 
Já tinha ouvido falar de jovens que tomam Viagra e tem o desejo sexual e a ereção potencializada. Afinal, isso é verdade? Existe algum risco?
 
Um beijo e adoro seu site.
 
Olá querido,
 
Muitos homens realmente estão usando remédios contra disfunção erétil para aumentar o vigor sexual, principalmente entre os mais jovens. Agora, quem não sofre de impotência não terá ereções mais poderosas e duradouras com o Viagra. O único efeito é a diminuição (em alguns casos) do tempo entre uma ereção e outra. Ou seja, o sujeito tende a se recuperar mais rapido de uma relação e, em pouco tempo, estar pronto para outra.
 
Mas antes vamos entender como funcionam esses remédios no corpo do homem: Ele relaxa a musculatura do pênis, aumentando a entrada de sangue no órgão, o que leva à ereção, mas ele só funciona se houver desejo, ou seja, a pílula não induz uma ereção, mas sim, potencializa.
 
Estima-se que um em cada dez brasileiros tenha algum grau de disfunção erétil. O problema é mais comum entre homens com idade ao redor dos 55 anos, mas estima-se que um terço dos compradores sejam jovens com cerca de 30 anos. Nessa fase da vida, a probabilidade de um homem ter de recorrer a esse tipo de artifício para desfrutar os prazeres de uma noite de amor é inferior a 25%.
 
Por isso, o efeito que o Viagra e qualquer outro remédio contra disfunção erétil prometem, nos jovens é muito mais psicológico do que físico, já que a simples ingestão do remédio pode deixar o homem mais "animado" para o sexo. Se o homem tem uma rigidez nota 10, não tem como sua ereção ser nota 11, a única coisa que pode acontecer, como já dito, é que um homem potente prolongue o tempo da ereção.
 
Por outro lado há o risco de dependência psicológica. Ou seja, o homem pode passar a precisar das pílulas para conseguir ter uma ereção. Não há perigo de dependência química, mas esses remédios só deveriam ser consumidos sob orientação médica.

  1. ola gina…

    tenho uma duvida sobre o tal viagra.
    Um colega meu (20 anos) tomou viagra e q entre varias reacoes do viagra ele se sentiu muito tenso, coracao aceleradissimo, ate passou mal…
    queria saber c isso é normal ou é algum problema independente do remedio e sim da pessoa q usar????

    bjjs

Deixe seu comentário

Premium Wordpress Themes Free Wordpress Themes